Cabeçalho_artigo_americas_mba

AMERICAS MBA

Ao procurar um programa de MBA para fazer, procuramos pesquisar, fazer análises aprofundadas sobre as alternativas disponíveis. Algumas variáveis-chave são comuns para encontrar na lista de atributos principais a serem levados em consideração.

Em primeiro lugar, vem a reputação da escola, do programa, com certeza. Depois, tendemos a incluir o conteúdo acadêmico, o perfil profissional e acadêmico dos participantes, sua idade e experiência, a diversidade de formação profissional.

Todas essas variáveis desempenham importante papel no processo e, dependendo dos objetivos que temos, elas podem ter vários pesos na nossa análise.

Naturalmente, há também a nossa disponibilidade de tempo para dedicarmos a essa jornada. Se desejamos trabalhar e estudar ao mesmo tempo, procuramos um programa de MBA em formato executivo.

Seguindo com a análise, passamos a olhar para o futuro e para nossos objetivos e expectativas:

O que desejamos fazer no futuro?

Qual é o objetivo de longo prazo que queremos alcançar?

E mais ainda, depois de alcançá-lo, qual seria o nosso próximo objetivo?

Sim, a aprendizagem é uma jornada sem um fim específico, e muitas pessoas como você e eu adotamos a aprendizagem contínua (lifelong learning) como um princípio.

Agora, vamos a algumas perguntas adicionais, igualmente importantes:

Como estão as coisas hoje?

Elas podem mudar? Como?

O ambiente em que nos encontramos também tem (ou deveria ter) uma influência fundamental na escolha de um programa de MBA a ser feito. O ambiente de negócios tem se mostrado continuamente no contexto do mundo VUCA (Volátil, Incerto, Complexo, Ambíguo). Ele requer um constante aprimoramento de conhecimentos, habilidades e atitudes. Presenciamos a aceleração da necessidade de competências e habilidades, cada vez mais forte.

Para aumentar essa aceleração, temos a experiência e a intuição jogando como fatores críticos que fazem a diferença para o nosso posicionamento profissional no mercado. Analisando o contexto internacional, temos a integração entre países (ou desintegração, em alguns casos) que traz aspectos econômicos, institucionais, técnicos, comerciais e legais que claramente moldam a forma como os negócios são realizados.

A tecnologia é outro fator que contribui para acelerar o ambiente de negócios. Sem mencionar o desafio da comunicação e a necessidade de lidar com a diversidade cultural, os significados sutis ou ocultos e os diferentes contextos que a variedade de referências culturais naturalmente traz em tal processo.

Colocando tudo isso em perspectiva, nos encontramos visando à análise da escolha de um programa de MBA, todo o conjunto de variáveis relacionadas a conhecimentos, habilidades e atitudes, e também as variáveis de diversidade, multiculturalidade e aspectos de internacionalização que são essenciais para aqueles que prosseguir uma carreira ampla e global.

Se você leu isto até este ponto, e sentiu que essas palavras fazem sentido para a sua jornada de melhoria de carreira, reserve alguns minutos para ler o texto até o final.

A FIA Business School, através do programa Profuturo (Programa de Estudos do Futuro), oferece um conjunto completo de programas de MBA internacionais, que são continuamente projetados para atender os desafios do presente e do futuro. Se o seu objetivo construir a sua carreira com um perfil global, um de nossos programas de MBA internacionais poderá atender às suas necessidades.

O Americas MBA é um programa em parceria com três escolas de negócios de excelência, do Canadá (Beedie School of Business na Simon Fraser University), México (Instituto Tecnológico Autônomo do México – ITAM) e dos EUA (Owen Graduate School of Management na Vanderbilt University). A parceria está no centro da abordagem acadêmica do programa.

Quatro economias dinâmicas no mundo, quatro excelentes escolas de negócios, levando a um excelente programa de MBA.

No programa, os alunos têm um currículo central em administração de empresas, cursado nas escolas de seus países. Ao final desta fase, eles se juntam em um grupo maior, incluindo os estudantes internacionais, para as imersões de estudo em cada um dos quatro países.

As residências de estudo do Americas MBA incluem nove dias de intensa atividade acadêmica e profissional em cada uma das quatro escolas.

As ênfases do conteúdo acadêmico incluem estratégia global, gestão intercultural, marketing em mercados emergentes, responsabilidade social corporativa, competitividade internacional, empresas familiares, inovação, novos empreendimentos e empreendedorismo corporativo.

Ao longo das residências, os alunos desenvolvem um projeto de consultoria estratégica para uma empresa, que tem suas operações nos EUA, Canadá, México e Brasil. Uma equipe composta por alunos das quatro escolas desenvolve o projeto estratégico. O desenvolvimento do projeto leva sete meses, e os resultados finais e recomendações convergem com a conclusão do curso. Saiba mais sobre o Americas MBA, e também sobre os outros programas de MBA internacionais que o Profuturo-FIA tem a oferecer. Se seu objetivo é trilhar o caminho de uma carreira global, um deles poderá dar suporte para atingir seus objetivos.